Os espaços de trabalho e a moda pós pandemia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp
Os espaços de trabalho e a moda pós pandemia
Foto: https://hksar.org/billie-eilish-rocks-a-face-mask-and-gucci-at-the-grammys

A tendência COMFY vai interferir na arquitetura? A moda vai ter que ser repensada para acomodar tantas transformações?

Sem dúvida nenhuma a nossa vida nunca mais será como antes. 

Nossos hábitos mudaram, nossa maneira de ver a vida, cumprimentar as pessoas, se comportar em público e se vestir precisam ser reavaliadas.

Looks com adereços complicados que se enrosquem nas máscaras, sapatos difìceis de calçar (e tirar), coisas que possam facilitar o contato com o vírus – ou carregá-lo serão reconsiderados.

Como será que tudo isso se desenvolverá daqui em diante?

COMFY e a Expressão do Eu pós pandemia

Comfy, em inglês, significa: um item de vestuário, peça de mobiliário, sala ou posição confortável. (Fonte: dicionário Collins).

A pandemia nos isolou em nossas casas, nos afastou de nossos amigos e parentes. 

Para muitos representou uma ruptura com alguns valores e a rìgida estrutura organizacional. Para outros tudo foi bem mais desafiador…

No meio disso tudo precisávamos juntar nossas identidades: aquela que manifestamos da porta para fora de casa e a que escondemos dentro dela. 

Pessoas discretas, que não gostavam de se mostrar na intimidade, tiveram que dividir, ainda que minimamente, o seu “espaço sagrado” via vìdeo com os colegas de trabalho.

Descobrimos que algumas pessoas sisudas e tão formais, que só apareciam com roupas monocromáticas no escritório, são fãs de Romero Brito!

Outras tão enérgicas e às vezes até intolerantes se derretem com seus gatos, que passeiam pelo teclado e derrubam o café nos relatórios. 

person holding brown and white cat
Os espaços de trabalho e a moda pós pandemia
Photo by Amin Hasani on Unsplash

O home office mudou o conceito de vestimenta

O home office deu férias para as gravatas, paletós, saltos e bolsas da moda.

A expressão do nosso íntimo “Eu” pulou para fora sem cerimônias, e vestimos moletons e roupas largas na hora das reuniões que estão acontecendo em ambientes multifacetados pela paisagem que percebemos atrás dos participantes.

Os ambientes se multiplicam com ruìdos de animais de estimação, interferência de crianças e idosos e os diferentes sons de campainha.

Todos devem exercitar a paciência e se colocar no lugar do outro como nunca antes fizemos. 

Tiramos os chinelos (chinelos!!!) e coçamos o pé enquanto o CEO falava!

Paramos de nos vestir para os outros e passamos a nos vestir para nós mesmos.

E a moda Comfy, de pijama dia a dia com tecido macio, maleável e confortável ganhou espaço de destaque em nosso guarda roupa.

person in gray pants lying on brown textile
Os espaços de trabalho e a moda pós pandemia
Photo by Giorgio Trovato on Unsplash

A moda pós pandemia mudará os espaços de trabalho?

Será que ainda terá lugar para as formalidades de antes depois de tantas descobertas sobre as outras pessoas e nós mesmos?

Nossa maneira de enxergar o outro mudou?

Fará sentido locais de trabalho impessoais e frios se a distância social já é tão desumana? 

Os espaços de trabalho devem se adequar a moda COMFY ou devemos abandonar essa tendência? 

Deixe sua opinião nos comentários!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *