Nomadismo digital e bleisure: como começar?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp
person standing on shore beside body of water during daytime
Nomadismo digital e bleisure: como começar?
Photo by Max Conrad on Unsplash

Muitas pessoas sonham em conhecer o mundo enquanto trabalham – e essa é uma realidade que pode se cumprir para muitos profissionais na atualidade, sejam millennials ou não.

Mas, como driblar o medo de se jogar ao desconhecido e encarar aventuras que podem dar muito certo ou muito errado?

  • Como ter certeza de quando é hora de se lançar nessa empreitada?
  • Quais documentos levar? Estarão todos eles atendendo a legislação de cada lugar específico?
  • Quais seguros contratar?
  • Por onde começar?
  • Para quem ligar quando você estiver a milhares de quilômetros de casa e se meter em uma confusão em razão de choque cultural, problemas com documentação ou desconhecimento do idioma?
black haired man making face
Nomadismo digital: empurrãozinho
Photo by Ayo Ogunseinde on Unsplash

Nomadismo Digital: um empurrãozinho

Para dar um empurrãozinho o New York Times fez uma matéria bem interessante com um passo a passo para quem quer se transformar em nômade digital que vai desde:

  • a estratégia para convencer seu chefe e se manter conectado com os colegas,
  • dicas sobre documentação,
  • como escolher o destino e calcular o budget,
  • contratação de seguros e pagamentos de taxas

Mas, mesmo seguindo essa cartilha sempre há alguma coisa a se aprender ou verificar que será muito cara ou inconveniente quando acontecer no meio de um trajeto longe de casa.

Quase presa em Berlin

Foi o caso de Irene, 65 anos, que mora em Londres. Ela é uma consultora de life style de altos executivos e encheu sua agenda com clientes em Berlim e Oslo no final do ano passado.

Iria viajar, trabalhar e curtir a vida durante apenas dez dias fora de casa, voltando uma semana após a virada do ano.

Brasileira, com permissão para trabalhar e viver no Reino Unido há mais de 20 anos e acostumada a fazer bleisure e nomadismo digital pela Itália, Portugal e Espanha, resolveu virar a bússola para o outro lado e… quase passou o réveillon presa na Alemanha.

grey concrete window overlooking body of water
Quase presa em Berlim: nômade digital, bleisure
Photo by Jean-Guy Nakars on Unsplash

(E presa aqui não é força de expressão e sim literalmente!)

O motivo? Seu passaporte venceria em Março de 2020 e para as regras germânicas ele estaria “vencido” na data de seu retorno para casa, motivo pelo qual ela seria detida pelas autoridades e deportada ao Brasil – onde não tem nenhum familiar e nunca mais voltou desde que foi viver na Europa.

Isso aconteceria em razão de que para alguns países como Alemanha e Noruega o passaporte deve estar válido por pelo menos três meses além da data de retorno do viajante ao seu país de origem ou moradia.

Mas, para cada desafio há uma oportunidade.

Digital Nomads consulting

Photo by Artem Beliaikin from Pexels

E nesse universo de Nômades Digitais e Bleisurers estáo surgindo os Digital Nomads Consulting.

Como cada país ou região tem sua legislação específica é recomendável que o aventureiro procure alguém no país de destino, pois é impossível saber todas as regras de todos os lugares!

A única norma que é comum e universal a todos é o fato de que não se pode alegar desconhecimento de leis locais para se excusar das consequências que virão.

Por isso, se você é um principiante busque ajuda.

Não se desespere nem desista: prepare-se!

Para ajudar você a entender um pouco melhor como funciona esse serviço, segue alguns canais dos locais mais procurados para esses tipos de turismo profissional (nossa pesquisa foi feita pela Web e por essa razão não nos responsabilizamos nem recomendamos nenhum profissional, por favor tenha cautela sempre ao contratar desconhecidos):

Amsterdã:
https://www.youtube.com/watch?v=jMwNb7m_sY4

Américas, Oriente Médio, Europa
https://barbaralicious.com/en/start-here/

Dicas em geral:

Xolo Go: Forum – Thinking about becoming a digital nomad

Reddit: Digital Nomad

Linkedin: Grupo – Become a Digital Nomade

Digital Nomads ou bleisure, seja um consultor!

selective focus photography of woman
Digital Nomads Consulting: oportunidade
Photo by Ruben Ramirez on Unsplash

Olhando por outro lado, se você conhece muito bem algumas cidades do Brasil e as regras de entrada para turistas pode começar a pensar em criar uma nova opção de renda e divulgar, por exemplo, no Airbnb Experiences um primeiro tour pela cidade e lembre de recomendar o app.outoo.com.br para facilitar a vida dos viajantes que precisarem trabalhar!

Pensou em outras possibilidades de ajudar essa galera, deixa aí nos comentários!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *