6 LIÇÕES DE ÉTICA PARA OS APPS DE MENSAGENS

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on tumblr
Share on reddit
Share on telegram
Share on whatsapp

Quem nunca ficou irritado com uma mensagem prolixa? Perdeu a paciência no app de mensagens com alguém abusivo e manipulador? Não reconsiderou a reputação de alguém em razão de um status inapropriado? Sentiu-se agredido por BERROS nas mensagens? Nunca mandou fake news inocentemente? E nunca saiu imediatamente de um grupo que nem tinha ideia do que era?

6 LIÇÕES DE ÉTICA PARA OS APPS DE MENSAGENS

Elaboramos essas 6 lições de ética para usar nos aplicativos de mensagens e distribuir aos seus clientes, parceiros e amigos.

Afinal, se eles são descolados e sabem utilizar essa preciosa ferramenta, com toda a certeza saberão exatamente a quem enviar…

Vamos começar pelo campeão de reclamações.

EVITE TEXTOS E ÁUDIOS LONGOS:

Textos ou (pior ainda) áudios longos ninguém acessa.

E é a melhor garantia que o outro vai deletar sem ler.

    • Faça textos curtos.
    • Saudação breve,
    • Use seu poder de síntese e resuma a mensagem ao máximo em 30 palavras pequenas, se possível.
  • Finalize com uma pergunta ou com uma conclusão objetiva.

O aplicativo funciona bem para pequenos recados. Mensagens longas ficam melhores em e-emails.

PATRULHAMENTO:

Você já foi alvo daquela pessoa que fica “narrando” a administração que você faz do seu app de mensagens? Isso é invasão de privacidade!

    • Você está on line e não ouviu meu áudio.
    • Vi que você está ouvindo “meu” áudio agora, estou esperando resposta.
    • Você já ouviu o meu áudio e não respondeu ainda.
  • Sua mensagem está com dois risquinhos azuis há tempos e você não responde…

Esse é o atalho mais rápido para ficar sem ninguém no seu catálogo de contatos.

É difícil falar sobre isso com o manipulador, porém as redes sociais são um fenômeno  novo e todos estamos aprendendo ainda.

Fale de forma respeitosa e francamente o quanto esse tipo de comportamento pode ser prejudicial e incomodar o outro.

STATUS EMOCIONAL:

Tudo que você disser, pode e será usado contra você!

Se você utiliza o app de mensagens para trabalhar, evite colocar mensagens de cunho emocional, político, preconceituoso. Isso pode inibir ou incomodar quem quer lhe falar.

Já imaginou, por exemplo, quantos negócios são perdidos por um vendedor ou um gerente que coloca no status:

    • SE SENTINDO IRRITADO
    • MEU TIME PERDEU
    • #FORA TEMER, #LULALIVRE , #BOLSONARO…
    • CORAÇÃO DE MALANDRO NÃO BATE, APANHA RSRS
  • TOMANDO CERVEJA NO ENTERRO DA MINHA SOGRA

Quem não sabe vender sua imagem, melhor não preencher o seu status.

Se o celular que você utiliza não é corporativo e você não quer ter um status profissional, ainda assim, evite aqueles de cunho emocional. Seguem 5 sugestões de frases inspiradoras:

  • Faça. Ou não faça. Não existe a tentativa. Mestre Yoda
  • Trabalhe arduamente e nunca deixe de sonhar. Goku
  • É melhor conquistar a si mesmo do que vencer mil batalhas. Buda
  • Os limites só existem se você os deixar existir. Goku
  • Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos. Pequeno Príncipe

NÃO GRITE COMIGO!

Quem é do tempo em que não havia celulares e até computadores, sabe que o uso do CAPS LOCK ou tecla para a letra maiúscula era chamado de CAIXA ALTA e as minúsculas, caixa baixa.

Isso era utilizado para títulos e para dar ênfase a alguma informação do texto, pois não existia o negrito.

Hoje em dia, escrever em “CAIXA ALTA” significa que você está gritando com a pessoa.

E pode parecer bobagem, mas há negócios que são desfeitos por causa de uma simples tecla CAPS LOCK acionada…

Se você não é íntimo da pessoa, ou ela tem menos de 40 anos, é melhor não utilizar esse recurso.

Como diz a galera: vai dar ruim.

GRUPOS NOS APPS DE MSG:

Quem nunca foi surpreendido por uma mensagem:

Fulano de tal criou o grupo “Somostodospalhaços”

Fulano de tal adicionou você

Só quem já deu uma topada no pé da cama quando levantou sonolento sabe que a sensação é quase a mesma…

O próximo passo é seu app começar a apitar a cada um que o Fulano adiciona.

Na sequência, começa aquela chuva de perguntas:

    • quem me adicionou?
    • de quem é esse grupo?
  • para que finalidade é esse grupo? E por aí vai…

Amigo, não, não faça isso! 

Se quer manter a sua imagem intacta para as 529 pessoas que estão no seu catálogo de contatos e que você nem lembra mais como foram parar lá, não faça uma coisa dessas.

Hoje, a maioria dos apps de mensagens tem um recurso em que você cria o grupo e envia convites às pessoas.

Pelo bem da humanidade, jura que você não vai ficar criando grupos e colocando seus contatos, sem eles saberem?

Vai convidar as pessoas e respeitar a vontade delas em não participar? Vamos lá para as dicas práticas desse tópico:

    • Coloque um nome fácil e óbvio, tipo: Niver da Belinha
  • Convide as pessoas que conhecem a Belinha, ou que pelo menos possam se interessar em ir numa festa, para conhecê-la, num sítio há 200 km da cidade, em um bate e volta no mesmo dia,  no meio do único feriado longo do calendário.

Brincadeiras a parte. Acredite: não acontece só com você. As pessoas conseguem ser mais cruéis que aqueles que as colocam compulsoriamente num grupo aleatório. E sem propósitos claros. Poupe-se (e aos outros também).

Vamos terminar com a campeã de vergonha alheia:

FAKE NEWS

Sobrevivemos à avalanche de falsas mentiras que foram divulgadas nessas últimas semanas.

As consequências foram devastadoras, para a relação pessoal, profissional, familiar e econômica, de alguns de nós.

NÃO CONFIE NOS SEUS OLHOS E OUVIDOS

Com o avanço da tecnologia de edição de imagens e sons de vídeos e fotos, fica quase impossível verificar a veracidade daquilo que vemos, ou ouvimos.

São notícias impactantes e tudo parece tão real, que é tentador replicar para toda a sua lista, o que você recebeu de alguém, que recebeu de alguém que recebeu de …

Ás vezes são assuntos que parecem ser de interesse de toda a comunidade.

Como não passar adiante o post com a imagem da menininha perdida? Da criança precisando de remédio? Do idoso que nem lembra quem é?

As fake news apelam para nossa emotividade, e não repassar um pedido de ajuda, corta o coração da gente.

Com as eleições, vimos que essa prática criminosa pode desestruturar muitas campanhas. E grande parte do tempo, o trabalho dos candidatos foi desmenti-las.

Mas quem pensa que as fake news são  uma novidade ruim trazida pela inovação, está muito enganado.

No século XVII, na Inglaterra, elas foram responsáveis pela morte de muitos cristãos. Chamada de Conspiração Papista, dava conta de que esses fiéis estavam armando o assassinato do rei Carlos II.

Muitos são os exemplos de boatos que permeiam a evolução social, desde os primórdios.

De lá para cá, os maus só fizeram aumentar seu poder de propagação.

NÃO CONFIE NO QUE OS OLHOS VÊEM!

As chamadas “correntes” costumam vir com um apelo sensacionalista ou comovente.

Segure a emoção e verifique a origem. Quem passou sabe a origem? Se não sabe, desconfie. Ela está na mesma situação que você.

Copie o assunto e cole  na barra de buscas. Veja se há outras mensagens parecidas ou iguais em sites confiáveis, ou sites de boatos.

Se ninguém falou nada ainda, aguarde, pois se você não é jornalista, não fique dando “furo” sem ter a origem ! E ainda correndo o risco de ser processado por calúnia, injúria ou difamação.

Há muitos passos para se identificar um boato, mas provavelmente com essas duas dicas você já vai conseguir escapar de constrangimentos.

TEIA DE ARANHA GIGANTE NA SELVA COM UM CELULAR NO CENTRO
SOBREVIVÊNCIA NA WEBSELVA: PROTEJA SUA REDE DE FAKE NEWS

6 LIÇÕES QUE VÃO ALÉM DA ÉTICA.

SÃO DICAS DE SOBREVIVÊNCIA NA WEBSELVA¹

Incorpore na sua vida essas lições de ética para os aplicativos de mensagens:

  • treinar o poder de síntese;
  • nunca patrulhar o outro, seja quem for (intimidade, sim, desrespeito, não!);
  • cuide para que seu status faça parte da estratégia para vencer e cativar as pessoas;
  • jamais GRITE com alguém, você só tem a perder;
  • siga nossas dicas antes de montar o seu próximo grupo;
  • e o mais importante: mantenha a sua rede protegida de boatos!

Tem alguma história de    news engraçada ou triste para dividir com a gente? Deixe nos comentários.

E por favor, compartilhe com todo mundo essas dicas. Afinal, todos nós merecemos dias melhores nessa WebSelva¹.

¹Webselva: foi um termo concebido pela redatora para traduzir os perigos do ambiente digital, em que pode-se destruir uma reputação, criar inimizades ou acabar com negócios.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *